privacidade e poder

“Se alguém me der seis linhas escritas pela mão do mais honesto dos homens, encontrarei nelas algo que as faça enforcá-lo”  — Cardeal Richelieu, 1641.

 

gallows

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Nossos contemporâneos…

Ai ferri corti:

Nossos contemporâneos parecem viver de ofício. Se enlouquecem abarrotados de mil obrigações, inclusive a mais triste – a de se divertir. Mascaram a incapacidade de determinar a própria vida com detalhadas e frenéticas atividades, com uma velocidade que administra comportamentos cada vez mais passivos.

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

está contigo porque…

tirinha-estacontigo

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

[filme] What’s happened, Miss Simone?

ninasimone

Belíssimo documentário (2015) sobre a vida da cantora e ativista Nina Simone.

Publicado em filme | Marcado com , , | Deixe um comentário

[filme] The Lobster

thelobsterFantástica distopia num mundo onde estar num casal é compulsório. Filme de Yorgos Lanthimos de 2015.

Qual animal você escolheria se transformar caso acabe sozinho?

Publicado em filme | Marcado com , | Deixe um comentário

[filme] Confirmação, 2016

confirmacao

O filme relata o processo de confirmação do juiz estadunidense Clarence Thomas para a suprema corte em 1991, quando Anita Hill decide romper o silêncio de 10 anos sobre o abuso sexual que sofreu por parte do juiz. O caso virou um grande escândalo mostrando a podridão da política do senado, o papel das mulheres na política e questões raciais.

Enquanto assistia, a forte angústia de Anita Hill causou grande efeito em mim. Milhares mulheres, inspiradas pela coragem da professora de direito, também resolveram falar sobre os abusos que sofreram, quebrando naquela época o tabu da cultura do estupro.

Publicado em filme | Marcado com , , | Deixe um comentário

das cidades

Por baixo esgotos sobre o solo
Nada e por cima o fumo
Ali vivemos nós sem gozo nem consolo.
Depressa passamos nelas. E, devagar, também elas seguem
.                                                                           o nosso rumo.

bertold brecht

 

poluicao

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário